Home  
FUNDADO EM 22/09/1999 - INFORMAÇÃO E OPINIÃO A SERVIÇO DA COMUNIDADE
Home Política Esportes Agronegócios Eleições Gurupi Concursos Emprego Meio Ambiente Entrevista Social
01/09/2011 - 23:01 - Atualizado em 01/09/2011 - 23:01
Oswaldo Stival Júnior Presidente da Cooperfrigu, maior indústria de exportação de carne do Estado.
Eu vejo com muita satisfação e orgulho, pelo nome nosso ser lembrado para ser o prefeito da cidade de Gurupi. Diz Stival na entrevista.
Por Agnaldo Miranda Imprimir

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Tocantins vem aumentando sua participação nas exportações de carne bovina brasileira. Em julho, o Estado embarcou 3,2 mil toneladas.

Do total de US$ 11,9 milhões, exportando em julho a Cooperfrigu , Cooperativa dos Produtores de Carne e Derivados de Gurupi, responde por cerca de 60% do total de carne exportado. A indústria com sede em Gurupi no Sul do Tocantins, é administrada pelo empresário Oswaldo Stival Júnior e possui uma carteira com 1.500 associados.

Outra boa noticia para a indústria, foi a reabertura no início de agosto do mercado russo, para a carne tocantinense. O Estado estava proibido de vender em função de um foco de estomatite vesicular encontrado no município de Chapada da Natividade.  A Circular que confirmou a decisão das autoridades sanitárias russas foi encaminhada à Abrafrigo no dia 5 de agosto.

Para comentar esse aumento nas nossas exportações de carne, a reportagem entrevistou o presidente da Cooperfrigu, Osvaldo Stival Júnior, que administra a maior empresa de exportação de carne do Estado. Empresário bem sucedido, nas eleições para o governo apostou alto na vitória no governador Siqueira Campos e saiu vitorioso. A esposa Andreia preside a FAPT, (Fundação de Apoio a Pesquisa e Tecnologia), e seu nome vem sendo lembrado para a sucessão do prefeito Abdalla.

O QUE É COOPERFRIGU

A planta frigorífica da COOPERFRIGU é uma das mais modernas do Brasil. Foi concebida para que todo o processo de produção ( abate, desossa, processamento, congelamento e estocagem) aconteça dentro do mesmo prédio, evitando que os produtos sejam transferidos para outros locais antes do término. Recentemente recebeu a quinta expansão e modificação com introduçao de novos equipamentos mais modernos para a desossa e ou congelamento.

Localizado na cidade de Gurupi, Sul do Estado do Tocantins, o mais novo estado brasileiro, a Cooperfrigu tem a seu favor sua fantástica localização dentro não só de um contexto nacional, como também ante o mercado internacional. Há que se levar em conta ainda o rebanho estimado em 6 milhoes de cabeças de gado (zebu e nelore) e pastagens verdes que são sinônimo de engorda eficiente e carnes saudáveis e saborosas.

O profissionalismo da Cooperfrigu está presente em todas as etapas. A começar pelo  transporte de gado, feito por frota especializada. E posteriormente, na estocagem dos animais, quando estes são completamente higienizados e submetidos aos mais variados exames realizados por veterinários e técnicos do Ministério da Agricultura. (Confira abaixo entrevista). 

Tribuna do Tocantins – Como o senhor analisa os dados divulgados pelo (MDIC), apontando  recorde nas exportações do Estado no mês de julho com R$ 11,9 milhões, qual a posição da Cooperfrigu nesses números?

Presidente da Cooperfrigu Oswaldo Stival Júnior – Eu considero 1º pela competência que o Estado demonstra com a nossa sanidade animal possibilitando as indústrias do Tocantins a exportar. 2º ao produtor pela consciência que ele tem de vacinar seus rebanhos e lidar com as enfermidades, além da lida do dia a dia. Toda a cadeia da carne tocantinense está de parabéns, mais uma vez por evoluir dia a dia. Eu considero que em agosto vamos ter novamente números positivos ao Estado, até recuperar as perdas de 2008 com a crise mundial. Estamos recuperando esses mercados dia a dia, mês a mês.

O Ministério do Desenvolvimento e Comércio Exterior (MDIC) acabou de anunciar que a Rússia, vai consumir novamente a carne tocantinense. Como o senhor avalia essa noticia?

Essa noticia é excelente. A Rússia hoje é o maior parceiro comercial do Brasil na compra de carne bovina. Aqui no Estado temos duas plantas habilitadas para exportar para o mercado russo, a Cooperfrigu e o Minerva em Araguaína. É um mercado de fundamental importância para o Tocantins, porque agrega maior valor ao preço principalmente ao dianteiro bovino.

A cooperfrigu exporta atualmente para quantos países?

A nossa planta está habilitada a exportar para 72 países. Atualmente não exportamos para todos, porém temos certificações para todos eles. O Chile foi o último país que o Tocantins e a Cooperfrigu foram habilitados. Em maio recebemos a visita de representantes da Comunidade Européia, agora estamos aguardando a aprovação do Estado, para em seguida pedir a aprovação da Cooperfrigu.

Essa tensão no Oriente Médio, com a queda de governos, misturado com guerras prejudica as exportações para essa parte do mundo?

Sem dúvida, a tensão no Oriente Médio, ela prejudica sim. Vamos dizer os custos indiretos como transporte aumenta bastante. Encerrando esses conflitos na Líbia, vai entrar um período bom. Eles vão ter que consumir. O governo de transição, através da OTAN deverá aumentar as comprae de proteína animal e conseqüentemente da carne bovina tocantinense.

Porque a família Stiwal, escolheu essa região de Gurupi, para realizar seus investimentos e morar?

Nós sempre estivemos aqui no Tocantins, desde o inicio do Estado. Primeiro em Araguaçú, depois mudamos para Gurupi, isso em 1996. Gostamos e adquirimos três anos depois essa planta da Cooperfrigu. Aí começou o namoro e o casamento com a cidade. O gurupiense sempre foi muito acolhedor. Acho que hoje podemos dizer que fazemos parte de Gurupi e Gurupi faz parte da gente. È a cidade que a gente ama e escolhemos para morar e criar os filhos. 

O seu pai já foi prefeito de Nova Veneza (GO), por dois mandatos, então essa veia política está no sangue dos Stiwal, como o senhor analisa, o seu nome como um dos pré-candidatos da base aliada governo em Gurupi com vista sucessão do prefeito Abdalla?

Eu vejo com muita satisfação e orgulho, pelo nome nosso ser lembrado para ser o prefeito da cidade de Gurupi. Também com muita cautela. Temos bons nomes, dentro da base do governador Siqueira Campos em Gurupi,como Dona Goiaciara Cruz, e outros nomes, que também podem fazer a diferença. Ficamos orgulhosos, com o nosso nome estar nesse rol de lideranças que podem ajudar Gurupi nos próximo quatros anos. 

O governador Siqueira Campos, criou o programa do Microcrédito que empresta dinheiro a pequenos empreendedores como o senhor analisa esse programa de renda mínima do governo do Estado?

Estive lá presenciado e colaborando. Sua principal função é ajudar pequenos empreendedores como as manicures, pequenas oficinas, donas de casa com visão, e que necessitam de crédito, por uma questão ou outra não dispõe de recursos para fazer suas ampliações ou começar seu negócio. Também uma injeção de dinheiro no comércio de Gurupi, neta etapa algo torno de R$ 1,5 milhão de reais está circulando no comércio de Gurupi. Outra função do microcrédito é recuperar o credito de muitos pais de famílias que hoje estão inadimplentes e não podem comprar a prazo. Para muitos R$ 1.000 é pouco, porém para quem necessita é muito. O programa é excelente de uma visão de um estadista como o governador Siqueira Campos. 

Como um dos grandes empresários do Estado, como o senhor avalia esses primeiro oito meses do quarto governo Siqueira Campos?

Já são oito meses de reestruturação. O Estado estava a deriva, não tinha uma linha. O governador teve muita dificuldade para botar o Estado na sua mão novamente. Todos nós companheiros, temos que ter muita cautela, aguardar. Ele agora vai começar mostra a que veio. Não tenham dúvida que o Tocantins será muito melhor nessa gestão do governador Siqueira Campos.

Sua esposa Andreia Stival é presidente da FAPT, como o senhor observa esse trabalho que ela vem desenvolvendo a frente dessa fundação?

O Governo do Tocantins, criou a FAPT em abril para agregar e atender fundações como a IFTO, UFT, UNIRG, juntar força, no sentido de desenvolver a pesquisa, buscar recursos junto ao Governo Federal e organismos internacionais. O Tocantins precisa cada vez mais de mestres e doutores para o desenvolvimento do Estado.Essa é a missão da fundação criar oportunidades para que nossos professores e mestres, se tornem doutores e pesquisadores para desenvolver toda as áreas da cadeia produtiva do Estado.

A Indústria Coopefrigu gera 400 empregos diretos e 1.500 indiretos, além disso, são desenvolvidos programas socioambientais como o Cooperar que visa aproximar mais esses funcionários da direção?

Sem dúvida, o colaborador quando ele está satisfeito, ele rende muito mais. Essa é uma das preocupação nossa, ficar perto e sabendo das dificuldades que tem os nossos colaboradores da Cooperfrigu e tentar solucionar em conjunto. Quando surgir um rpoblema, eles e nós procurar uma solução dos problemas juntos. Com harmonia e sintonia essa é a nossa maneira de trabalhar com as pessoas.

Deixo espaço para suas considerações finais?

Eu gostaria de convidar a todos para agora no próximo dia 30 de setembro, iniciar mais uma vez as ações do VII Cooperar. Eu falo sempre que o Cooperar é um projeto que trabalhamos nele o ano inteiro, tem esse período que fazemos as comemorações, em conjunto com a sociedade. Portanto quero deixar a todos esse convite, o dia abertura com uma missa na sede da Cooperfrigu.

 
 
Política
 
21
Dez
Mais Notícias
Publicidade
Anuncie no Tribuna
Ligue para (63) 3316-1626
Galeria de Fotos
Oswaldo Stival Júnior Presidente da Cooperfrigu, maior indústria de exportação de carne do Estado. Oswaldo Stival Júnior Presidente da Cooperfrigu, maior indústria de exportação de carne do Estado. Oswaldo Stival Júnior Presidente da Cooperfrigu, maior indústria de exportação de carne do Estado. Oswaldo Stival Júnior Presidente da Cooperfrigu, maior indústria de exportação de carne do Estado. Oswaldo Stival Júnior Presidente da Cooperfrigu, maior indústria de exportação de carne do Estado. Oswaldo Stival Júnior Presidente da Cooperfrigu, maior indústria de exportação de carne do Estado. Oswaldo Stival Júnior Presidente da Cooperfrigu, maior indústria de exportação de carne do Estado.
Galeria de Vídeos
Comentários
16/11/2011 14:11
jeova fernandes de oliveira
Fico muito feliz pelas grandes realizações, na vida do Sr. Osvaldo Stival Jr. pessôa a quem admiro muito os nossos parabens pela desenvoltura da empresa a qual ele preside, um forte abraço caro amigo !
29/09/2011 21:09
Giovanni Salera Jr.
entrevista muito boa.
03/09/2011 09:09
DALVINO REIS
eu quero parabénizar ao meu amigo jornalista agnaldo por esta tão bem sussedida entrevista ao empresario SR.oswldo stival júnior que tanto tém colaborado com á economia da nossa cidade de GURUPI-TO.parabéns familia stival.
Link:
Rua C-003 - Setor Caaã Qd-10, Lt-05 nº 101


Desenvolvido por www.agentesite.com.br